sexta-feira, 30 de março de 2012

Pr. Samuel Câmara parabeniza novo portal da ADPB

Em e-mail enviado à assessoria de comunicação da Assembleia de Deus na Paraíba, o Pr. Samuel Câmara – presidente da AD em Belém do Pará – parabeniza as inovações implantadas nos meios de comunicação da ADPB, como por exemplo, a Semad em Revista (edição de março) e este portal que você está navegando agora.
O Pr. Samuel conheceu esses veículos de comunicação quando estava participando do 8º Fórum de Missões do Nordeste na cidade de Aracajú (SE) e ficou lisonjeado com o profissionalismo implantado.
O presidente da AD em Belém do Pará não esquece do Pr. José Carlos de Lima – presidente da ADPB e COMADEP – que agradece ao Pr. Samuel pela iniciativa.
Confira agora a íntegra do e-mail enviado à assessoria da ADPB:

Amados,
É com grande alegria e subida honra que me dirijo aos meus queridos irmãos assembleianos do Estado da Paraíba, para felicitá-los pelo lançamento do portal da Igreja Assembleia de Deus paraibana na internet (www.adpb.com.br)
Quero parabenizar os irmãos, na pessoa de seu líder o Pr. José Carlos de Lima, pelo lançamento dessa utilíssima ferramenta para a propagação das Boas Novas de salvação a todos quanto ainda não reconhecem a Jesus como seu Senhor e Salvador e para a edificação dos irmãos em Cristo, ferramenta essa da qual a Igreja não pode abrir mão, nesses últimos dias.
Minha oração é para que Deus continue instrumentalizando os amados irmãos na utilização deste veículo de comunicação social, para o engrandecimento de Seu Nome aqui na Terra, inspirando e revigorando as forças de seus dirigentes e de todos os demais que lançaram mão de tão preciosa ferramenta para o engrandecimento da Obra do Senhor aqui na Terra.
Com amor e oração

Samuel Câmara.
Pastor da Assembleia de Deus em Belém do Pará
 Pr. Samuel acessa o portal da ADPB para obter as informações do desenvolvimento da obra de Cristo aqui na Paraíba.

Ramon Nascimento
ramon@adpb.com.br

quarta-feira, 28 de março de 2012

AVANTE!!!

“Ide por todo mundo, pregai o evangelho a toda criatura.” Mc. 16; 15.

Desde a década de 50 que se ouve em terras cuitegienses um som diferente e involvente, algo diferente dos dias atuais, com mais significado e melodias mais suaves, o que poderemos chamar de sinfonias sacras à ouvidos desconhecidos; mas o que realmente chamava atenção, era as boas novas que de longe se ouvia circular nas noites frias do Sítio Gameleira e mais tarde, no distrito do pequeno povoado de Cuité de Guarabira, que no raiar dos dias tornou-se realidade a consolidação de uma obra crescente e aguerrida como toda a seara do Senhor. É fato, que em mais de 50 anos de evangelização, houve tempos de impulsos e tempos de inércias, houve momentos de lutar e de saborear o fruto da vitória, mas em toda a história da Assembleia de Deus em Cuitegi, sabe-se do seu esforço em permanecer conquistando alvos. Pois é, mas um alvo se vê nesse horizonte, e não digo, o horizonte das canas e do sol por trás dos coqueirais; e sim, do horizonte da vitória, do galardão da conquista, do prazer em ver o feito ser honrado por quem só merece honras, glórias e louvor; tudo vejo, olhando para o presente, na alegria de ver a igreja marchar empunhando a bandeira do evangelho de Cristo por todo o município, falando aos quatro cantos de salvação e mostrando aos homens a finalidade desse povo separado, vendo que a voz de “João Batista” ecoou até chegar nos sítios, nos povoados, nas ruas, nas praças... e agora, nas casas, nos rádios, na TV, na internet e entre tantos meios de comunicação que o homem possa usar, pra dizer ao mundo que se arrependa de seus pecados e siga a Cristo. Jesus já consumou a sua tarefa, a Igreja já se levantou pra trabalhar, e, eis aí o mundo no caos, esperando a voz dos novos “Misaeis, Ursulinas, Nilos e Manoeis Cavalcantes” continuarem a obra de Deus, podendo mostrar tanto quanto mais que nossos ancestrais cristãos , com os recursos que hoje temos. É claro, mantendo-nos na fé, na palavra, na oração e no partir do pão. Avante a hora é chegada e o povo quer ouvir-nos.

Odacy Marques

"CUITEGI PARA CRISTO"

Abertura do Projeto Evangelístico: Sítio Palmeira


Nesta terça-feira 27/03, a Comunidade do Sítio Palmeira testemunhou a abertura da segunda edição do projeto de evangelização "CUITEGI PARA CRISTO" que desta vez, traz uma temática toda especial à família e os valores cristãos necessários a toda sociedade. A Igreja local se fez presente em bom número mostrando-se envolvida nesse trabalho prestando ao Senhor toda honra e glória merecida. Estiveram presentes irmãos das congregações da Malhada, Seixo, Conjunto Roberto Paulino e Templo Central. O trabalho foi dirigido pelo Presbítero João Rodrigues de Meireles e teve como Pregador da Santa Palavra de Deus o Presbítero Antonio Marques Filho, o Pastor João Camilo de Oliveira deu encerramento ao Culto indicando para o próximo dia 10 de abril a próxima pré-cruzada no Conjunto Roberto Paulino.

Fotos da Cruzada















Comercial do Red Bull sai do ar por desrespeitar Jesus

Mais um sinal de que os cristãos estão mais ativos do que nunca no Brasil. O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) suspendeu nesta terça-feira, dia 27, a veiculação do anúncio do energético da marca Red Bull, no qual o personagem central é Jesus Cristo.
De acordo com o blog Radar Online, da Veja, o conselho justificou que o comercial “fere a respeitabilidade religiosa”. Mais de 200 reclamações de consumidores levaram o Conar a determinar a suspensão da propaganda de TV.
A campanha ‘Red Bull – Nazaré’ mostra Jesus Cristo andando sobre as águas e um apóstolo perguntando como Ele conseguiu fazer aquilo. Um terceiro afirma que ele só conseguiu a façanha porque bebeu o energético. No final, Jesus diz outra versão para o fato: “Só tem que ficar esperto onde tem pedra”.
Fonte: Veja

segunda-feira, 26 de março de 2012

CUITEGI É DE JESUS

Está reservado para essa terça-feira 27/03, o início da segunda edição de cruzadas evangelísticas pelo município de Cuitegi, e dessa vez, o primeiro culto será na Congregação da Palmeira, onde toda a igreja estará reunida para louvar e engrandecer o nome do Senhor. A principal função dessas evangelizações, é a concientização das pessoas através da Bíblia, indo de encontro a verdade e resgatando as almas da perdição eterna, com isso, espera-se que muitas famílias sejam impactadas através desses eventos cristãos. É um evento público onde todos devem se sentir convocados. Participem!

segunda-feira, 19 de março de 2012

Jornal Hoje, da Globo, mostra origem do tanque de Siloé, local onde Jesus curou um cego

Uma reportagem realizada pela Rede Globo, exibida no Jornal Hoje, mostrou a origem do Tanque de Siloé, que foi o local onde Jesus realizou o milagre da cura de um cego. A construção histórica foi realizada a aproximadamente 2700 anos, quando o Rei Ezequias reinava em Israel.
O túnel do Rei Ezequias era responsável pelo abastecimento de água na cidade de Jerusalém, uma espécie de aqueduto que trazia água de fontes próximas até o centro da cidade.
A construção do túnel foi realizada por escravos, possui aproximadamente 500 metros de extensão de escavações na rocha, com pontos de até 5 metros de altura. Foi idealizado com a finalidade de levar a água a um lugar seguro, evitando a falta de abastecimento de água em caso de guerra, já que Israel estava em iminente perigo de ser atacado pelo exército sírio.
Bíblia relata o milagre da cura de um cego no Evangelho de João, no capítulo 9, onde o cego, por ordem de Jesus se lava no tanque de Siloé e é curado.
Assista a reportagem:

sábado, 17 de março de 2012

CUITEGI É DE JESUS!

A Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Cuitegi, anuncia para o próximo mês de abril, mas uma série de cruzadas evangelísticas, com o intuito de intensificar a divulgação da Palavra de Deus a todas as pessoas.
O evento se iniciará com as pré-cruzadas pelo município e se encerrará no centro da cidade com a participação de todas as congregações e Templo Central.
Nesta edição evangelística, o Sítio Palmeira estará incluso nas prévias e contará com a abertura do evento, seguido pelas localidades: Conjunto Roberto Paulino, Bairro S. Antonio (Seixo), e Malhada onde estaremos comemorando o 2º aniversário do templo nesta localidade.  O auge dos cultos se dará nos dias 21 e 22 do referido mês com a cruzada central.
A importância maior desse movimento cristão é o alcance de vidas resgatadas através do Evangelho de Cristo, e por esse motivo, a Igreja convida mui especialmente todas as pessoas de todos os credos e costumes, jovens, adultos, crianças, casais, idosos, admiradores e descrentes a se fazerem participantes de toda essa programação.
Os incansáveis esforços da Igreja de Cristo nesta cidade é a restauração dos valores da família e o conhecimento da verdade que liberta.
Participe.



Da redação.

sexta-feira, 16 de março de 2012

Congresso Juvep 2012 tem o apoio da Assembleia de Deus na Paraíba

Mais uma edição do Congresso Juvep será realizada no período de páscoa. O principal objetivo é promover o despertamento missionário da igreja, a fim de expandir o Reino de Deus em João Pessoa, na Paraíba, no Brasil e no mundo.
Com o tema O Triunfo da Mensagem da Cruz – Reconciliação, o Congresso Juvep 2012 acontecerá de 04 a 07 de abril. De quarta a sábado, os participantes serão desafiados a expandir o Reino de Deus na Terra.
A Assembleia de Deus na Paraíba, por meio de seu líder, o Pr. José Carlos de Lima apóia o evento e recomenda a participação de toda igreja para um maior desenvolvimento espiritual e missionário.
Foram convidados vários preletores e dentre eles, estão o Dr. Russel Shedd, Barbara Buns, Igor Shimura, Joyce Clayton e Walter Fechinghaus.
Durante a programação serão realizados eventos simultâneos. No turno da manhã haverá o Encontro de Pastores e Líderes, Encontro de Mulheres e Encontro de Jovens. Nas tardes serão promovidos cursos de Batalha Espiritual, o de Evangelização de Ciganos, o curso Criacionismo Científico, o curso Desenvolvimento Natural da igreja, além do Seminário de Missões sobre os povos indígenas, ao qual será realizado nos dias 06 e 07 de abril, a partir das 14H00, no templo da Assembleia de Deus, na avenida 1º de maio, 239, em Jaguaribe, João Pessoa / PB.
A participação no Congresso é gratuita na maioria das programações. Apenas os cursos serão pagos, com exceção do Seminário de Missões.
Mais informações, acesse o site do Congresso Juvep 2012 ou pelos números: (83) 3248-2095 / 8773-2095.

quinta-feira, 15 de março de 2012

Assembleias de Deus comemoram 100 anos de Evangelho Pentecostal na Nicarágua


Uma grande festa está sendo organizada pela Conferência Evangélica das Assembleias de Deus da Nicarágua, em comemoração de 100 anos de Evangelho Pentecostal no país. Espera-se que compareçam cerca de cem mil pessoas à celebração, entre convidados, membros, pastores e líderes das principais igrejas no país.
O evento será realizado em duas etapas, a primeira será no dia 20 de abril, na Igreja Hosana, uma conferência direcionada para pastores e líderes, o tema será, “A Paixão de uma nação”. A segunda, será logo no dia seguinte, no dia 21 de abril, com a presença de evangélicos de todas as regiões do país, que prometem lotar a capital Manágua.
O pregador já está confirmado, será o pastor argentino Claudio Freidzon. Haverá também muitos convidados presentes, os organizadores enviaram convites para líderes evangélicos em vários países das Américas Central, Latina e do Norte, além de autoridades do país e o presidente da república.
Outro momento muito aguardado no evento, é a chegada de pastores e membros da igreja que estão na África, muitos deles foram exilados nas décadas de 70 e 80, por motivações sociais e políticas.
As comemorações do centenário começaram no mês de janeiro, com  homenagens a Venus Schoeney, missionário pioneiro, fundador do trabalho das Assembleias de Deus na Nicarágua. O tema principal da comemoração dos 100 anos da igreja é, “O Espírito Santo, um fator determinante para o crescimento da Igreja”.
Fonte: Gospel+

quarta-feira, 14 de março de 2012

Igrejas evangélicas crescem na França em tempos de crise

A cada dez dias uma nova igreja evangélica abre as portas
Na França, a cada dez dias uma nova igreja evangélica abre as portas, de acordo com dados do CNEF (Conselho Nacional dos Evangélicos da França).

A cena, comum para a maioria dos brasileiros, é novidade na França, que viu a fé neopentecostal crescer nos últimos anos, impulsionada pela crise econômica.

Na França, a cada dez dias uma nova igreja evangélica abre as portas, de acordo com dados do CNEF (Conselho Nacional dos Evangélicos da França). Essa é a corrente religiosa que mais se expande no país e a com o maior número de praticantes.

“A primeira razão é simplesmente a necessidade de esperança”, opina Sébastien Fath, sociólogo das religiões especializado no protestantismo e autor de Do gueto à rede – O protestantismo evangélico na França e do recém lançado Nova França Protestante – Desenvolvimento e crescimento no século XXI.

O contexto de crise, que atinge a sociedade francesa, tem por consequência um certo número de patologias sociais, como a solidão. O Estado não pode fazer tudo, as prestações sociais e capacidades de intervenção são em geral fragilizadas, pois há menos dinheiro público. A igreja evangélica responde às necessidade que o Estado não se encarrega mais”, avalia o sociólogo, que enfatiza o caráter otimista do discurso evangélico, em um país onde o pessimismo é grande.

Embora o sociólogo defenda que haja fiéis também nas classes mais favorecidas, ele admite que a religião vem atraindo proporcionalmente mais jovens e imigrantes, principalmente chineses, coreanos e originários das antigas colônias francesas na África. Em dezembro, 24,2 % dos jovens estavam desempregados.

“Muitos franceses estão desencorajados diante da crise e da globalização. Há uma certa depressão e uma necessidade de perspectiva,” diz Fath. Já para Étienne L’Hermenault, batista e presidente do CNEF, órgão criado há menos de dois anos, o sucesso das igrejas evangélicas é reflexo de uma sede por religiosidade. “A crise não é simplesmente financeira, mas também moral. Há um cansaço, de uma sociedade que perdeu muitas referências e que busca valores”, argumenta.

Fath defende que o retorno da religiosidade está ligado à crise do discurso político. “Os franceses estão decepcionados com a política. O país que, durante muito tempo exportou pensamento político, se desencantou com as soluções políticas, há 15 ou 20 anos atrás”, avalia.

Conversão


Longe do anonimato das ruas, nas manhãs de domingo na entrada da Église Réformée de Belleville a recepção é calorosa e personalizada.

“É a proximidade entre nós, os pastores, e nossos fiéis que faz a força do movimento evangélico”, afirma Amos Ngoua Mouri, pastor da Communauté Évangélique la Bonne Nouvelle, no norte de Paris.

Mais da metade dos evangélicos franceses tinha outra religião. “Essas igrejas se apresentam de uma maneira adaptada às formas de comunicaçãocontemporânea, enquanto as tradicionais utilizam ainda modelos históricos e ultrapassados. As evangélicas recrutam”, explica Frédéric Rognon, professor de filosofia das religiões na Faculdade de Teologia Protestante de Estrasburgo, na França.

L’Hermenault, também presidente da Faculdade Livre de Teologia Evangélica de Vaux sur Seine, principal instituição para a formação de novos pastores franceses, anuncia que o objetivo é alcançar a meta de uma igreja para cada 10 mil habitantes, ao invés dos atuais uma para cada 30mil.

Ao todo, são 2308 igrejas em território francês, que abrigam o ainda discreto número de 600 mil evangélicos. Desde 1950, eles são nove vezes mais numerosos, em um país onde apenas 5% da população se declara praticante de alguma religião.

Fé pública, questão privada

Na igreja evangélica Paris Bastille é possível ver os vídeos do último culto no iPhone e acompanhar o blog do pastor. Outros atrativos são as visitas em casa, os grupos de estudo e as atividades de inserção específicas para jovens, crianças, mães, casais ou idosos. À vontade com a revolução digital, para Fath, esse estilo litúrgico é mais adaptado à cultura dos jovens que a tradicional missa católica.

“O lado da expressão pública da fé dos evangélicos, quase publicitário, choca numa cultura francesa que relega a religião ao domínio privado”, afirma, garantindo que as coisas estão mudando no país da laicidade. O pastor camaronês Mouri confirma que o movimento evangélico é mais reconhecido no espaço público, embora ainda seja uma minoria.

A presença dos mulçumanos teria sido a primeira abertura para a naturalização da expressão religiosa em lugares públicos. “Há um retorno da visibilidade da fé mesmo entre os católicos. A procissão do 15 de agosto em Paris pela ‘Ascenção da Virgem’ é um dos exemplos disso. Algo que não poderíamos imaginar, há 20 anos atrás”, cita.

Missionários latinos

Pastores brasileiros têm cruzado o oceano para conquistar essa nova terra. “Nós sabemos que hoje a rede evangélica é transnacional. Há uma presença brasileira de protestantes na França. A Igreja Universal do Reino de Deus foi fundada em Paris já há alguns anos e também outras igrejas neopentecostais”, afirma mesmo sem poder contabilizar esse fluxo.

“Não é comparável com a ligação que existe com a América do Norte, mas isso deve se desenvolver”, dizem. Para eles, missionários latinos têm boa reputação entre os franceses, além de brasileiros, pastores espanhóis e portugueses também são populares, como Nuno Pedro, português que faz cultos para oito mil pessoas todos os domingos na megachurch Charisma, em Saint-Denis, periferia de Paris.


Fonte: Folha Gospel

terça-feira, 13 de março de 2012

Pr. José Carlos de Lima participa de posse de novo presidente da AD em Natal

Depois de participar da solenidade de abertura e palestrar no Fórum de Missões do Nordeste em Aracajú (SE), o presidente da AD na Paraíba seguiu viagem para a capital potiguar, a fim de participar de um momento histórico que os assembleianos do Rio Grande Norte viveram.
No último sábado (10), a Assembleia de Deus em Natal (RN) realizou no Ginásio Nélio Dias, localizado na zona norte da capital, mais uma reunião do movimento INTEGRA.
A Igreja Evangélica Assembleia de Deus no Rio Grande do Norte aproveitou a ocasião para empossar o novo pastor presidente eleito democraticamente na última eleição. Na posse do Pr. Martim Alves, a coordenação do Integra reuniu no ginásio cerca de 10 mil pessoas que celebraram mais um episódio histórico da IEADERN.
Não só o Pr. José Carlos de Lima, presidente da Convenção de Ministros da Assembleia de Deus na Paraíba, como também o Pr. Daniel Nunes, presidente da AD em Campina Grande (PB), levaram as respectivas homenagens dos milhares de assembleianos paraibanos.
Ramon Nascimento

Criado por mulheres, Círculo de Oração completa 70 anos

Trabalho criado pelas mulheres é um dos mais importantes da AD brasileira

Neste mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, o Círculo de Oração, uma das maiores marcas das Assembleias de Deus no Brasil, comemora 70 anos da fundação. 

Foi em 6 de março de 1942 que tudo começou, quando a irmã Albertina Bezerra Barreto, membro da Assembleia de Deus em Recife (PE), convidou algumas irmãs para a ajudarem em oração na congregação do bairro da Casa Amarela, em favor de sua filha Zuleide (Ledinha), que se encontrava enferma. 

A menina não andava, nem falava e os médicos diziam que ela iria viver apenas oito anos. Sete mulheres se prontificaram: Cecita Colaço, Malphara Bezerra, Maria do Carmo, Antonia Viegas, Ana de Souza, Otávia Pessoa e Maria José. Zuleide cresceu, andou e viveu 49 anos. 

O nome “Círculo de Oração”, segundo a fundadora Albertina Bezerra Barreto (foto), foi inspirado num folheto que havia lido cujo texto explicava que a oração era como um círculo nos céus: “Quando estávamos orando, lembrei-me da mensagem e disse: – Vamos circular os céus com as nossas orações”. 

Reuniões de oração sob a direção de mulheres nas Assembléias de Deus ocorrem provavelmente desde o dia 2 de junho de 1911 em Belém do Pará, quando as crentes batistas Celina Albuquerque e Maria de Nazaré, convictas da promessa bíblica do batismo no Espírito Santo pregada pelos pioneiros Daniel Berg e Gunnar Vingren, decidiram se reunir e buscar o revestimento de poder para suas próprias vidas. 

Desde então, essas reuniões de oração não cessaram. Hoje, há quase mil círculos de oração só na Grande Recife, com reuniões de oração concorridas e fervorosas. 

As reuniões de Círculo de Oração foram difundidas em todas as igrejas Assembleias de Deus no Brasil. Em 5 de março de 1961, o então líder da AD em Belém do Pará, pastor Alcebíades Pereira Vasconcelos, seguindo o modelo pernambucano, determinou que as congregações dessem apoio ao trabalho de oração das mulheres em Belém e o incluíssem na programação semanal da igreja. Tal decisão foi plenamente apoiada pelo Ministério e, a partir de então, as mulheres passaram a se reunir nas igrejas, e passaram a usar o nome Círculo de Oração. Para incentivar e divulgar testemunhos do trabalho dos Círculos de Oração no Brasil, a CPAD lançou em 1982 a revista trimestral “Círculo de Oração”, extinta em 1992.

Setenta anos depois, o Círculo de Oração continua sendo uma grande bênção para as Assembleias de Deus no Brasil e, se Deus permitir, continuará sendo, até o Arrebatamento da Igreja.

segunda-feira, 12 de março de 2012

Harpa Cristã e Círculo de Oração fazem aniversário e culto marcará a ocasião


Nos dias 12 e 13 de março a CPAD tem mais razões para comemorar. A Harpa Cristã completa 90 anos e o Círculo de Oração 70. Para marcar a data, a Casa junto a Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), realizará um culto em Ação de Graças em Recife(PE).

O evento terá a participação musical dos cantores da Patmos Music. Além dos adoradores, estarão presentes os pastores Ailton José Alves, presidente da AD em Recife; José Wellington Bezerra da Costa, presidente da CGADB; José Wellington Costa Júnior, presidente do Conselho Administrativo da CPAD e o irmão Ronaldo Rodrigues de Souza, Diretor Executivo da CPAD.

Depois de participar do culto agradecendo a Deus por tantas bênçãos ao longo dos anos, todos os participantes poderão adquirir cd’s com canções da Harpa Cristã e a Bíblia Círculo de Oração, especialmente para mulheres, que será vendida em primeira mão no evento. Mas, até a chegada da data, os participantes e organizadores aguardam em oração com muitas expectativas. Ore você também!


Fonte: Assessoria de Imprensa CPAD

Diretor do Big Brother Brasil, Boninho, diz, “no Big Brother Deus não existe”


Boninho, diretor do Big Brother Brasil, fez uma declaração polêmica esta semana sobre uma manifestação religiosa dos participantes do programa , o episódio aconteceu quando , antes de uma prova do reality show, os integrantes começaram a rezar, Boninho se manifestou dizendo, “não adianta rezar, porque no Big Brother Deus não existe”.
Ainda como retaliação à atitude dos jogadores que estavam na casa, o diretor do programa ainda deu ordens para que o sim do pay-per-view fosse cortado.

sábado, 10 de março de 2012

Lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade

Eu gosto dele. Ele era um homem...



Texto Bíblico: 1 Crônicas 29.10-18

INTRODUÇÃO

I. CONFIANÇA NA SUFIÊNCIA DE DEUS 
II. DEDICANDO-SE AO TRABALHO
III. USANDO O DINHEIRO CONSCIENTEMENTE


NEEMIAS: UMA INSPIRAÇÃO PARA O TRABALHO

POR  J. I. Packer

“Eu gosto dele. Ele era um homem de construção”, confidenciou-me o velho construtor texano. Alegrei-me ao ouvi-lo porque, francamente, também gosto de Neemias. Espero que, quando chegar ao céu, possa reconhecê-lo e confessar-lhe isso. O que desejo que ele saiba é que, durante o meio século em que tenho servido a Cristo, ele me tem ajudado muito, talvez mais que qualquer outro personagem bíblico, que não o próprio Senhor Jesus. Quando, aos dezenove anos, comecei a imaginar se Deus me quereria no ministério, foi a experiência de Neemias que me mostrou como se dá a orientação vocacional, e pôs-me no caminho. Quando me encarreguei de um centro de estudo comprometido a neutralizar a teologia liberal, foi Neemias quem me forneceu as ideias de que eu necessitava para comandar um empreendimento de Deus e lidar com a oposição fortificada. 
Quando, depois disso, tornei-me o diretor de uma faculdade teológica, que se achava em apuros financeiros, novamente foi o exemplo de liderança de Neemias que me ensinou como fazer o meu trabalho. Uma vez que podemos falar daquilo que vimos, quando sou convidado a palestrar sobre vocação e/ou liderança, frequentemente levo os meus ouvintes a uma viagem pela história de Neemias. É natural que nos afeiçoemos a alguém a quem tanto devemos, sinto-me profundamente endividado com Neemias. Ninguém deve admirar-se, então, de que eu o considere agora um amigo particular. Tampouco sou eu o único a considerá-lo como tal. Um livro publicado em 1986 começa assim:

Os detalhes de meu primeiro encontro com ele acham-se nublados em minha mente. Deus enviou-o a mim em meus primeiros anos na universidade, a fim de ajudar-me a superar alguns desafios formidáveis. Desde então, ele tem sido uma companhia sempre presente...
Neemias pôs todo o seu ser em seu diário, que foi incorporado ao livro que agora chamamos pelo seu nome. Lendo-o, posso sentir-lhe as batidas do coração, o tremor dos dedos e a aflição de seus gemidos... Que sabedoria a dele! E como ele incutiu em mim as lições básicas de liderança! Não esqueci nenhuma delas, e tenho volvido a ele de tempos em tempos, em busca de reafirmação.
Como estudante de medicina, eu necessitava dele de modo especial. Ele era um líder. E... bem, quer eu o desejasse quer não, tornei-me, em um tempo relativamente curto, o presidente nacional da Bristish Inter-Varsity... Durante esse período, Neemias confortou-me e instruiu-me... Eu escolhi explanar o livro de Neemias na primeira Latin American Fellowship of Evangelical Students... Neemias tornou-se uma espécie de patrono do novo movimento – ou ao menos uma luz orientadora aos jovens alunos de liderança, que enfrentavam a impressionante tarefa de evangelizar um continente...
À medida que as responsabilidades se sucediam, continuei fascinado e instruído pela vida e pelas palavras desse homem de ação. E conforme eu envelhecia, mais dele eu respigava. Era o homem, não o livro, que me prendia... Ele tornou-se o meu modelo de lidernaça.

Quando li pela primeira vez essas palavras de John White, ri sonoramente, daquele jeito que às vezes não podemos evitar, face às coisas deleitáveis que Deus faz. John White e eu somos quase contemporâneos e temos muita coisa em comum: uma formação Bristish Inter-Varsity; genes britânicos unidos pela cidadania canadense; uma teologia evangélica, uma compulsão pastoral e uma vocação literária; e um lar na Lower Mainland of Bristish Columbia. Não obstante, até 1986, eu não sabia que partilhávamos um relacionamento paralelo a Neemias. Contudo, os parágrafos citados contêm palavras que parecem extraídas do meu coração. Fico imaginando quantos mais têm sido mentoreados por Neemias.

Texto extraído da obra “NEEMIAS: Paixão Pela Fidelidade”, editada pela CPAD.

sexta-feira, 9 de março de 2012

Jogador do Flamengo se converte, deixa a mentira e perde contrato

Era uma vez um menino da pequenina cidade do sul baiano de Camacan, localizada a 500km da capital Salvador. O sonho dele era ser jogador de futebol. Para isso, no entanto, aceitou trocar de nome e reduzir a idade em dois anos. Deixou de ser Maxwell Batista da Silva, nascido em 23 de outubro de 1989, para assumir a identidade de outro menino da mesma cidade: Jorbison Reis dos Santos, registrado em 1991.
Com isso, conseguiu pular do Artsul para o Flamengo. Foi tratado por anos como grande promessa, ganhou um contrato longo, elogios de treinadores e até uma convocação para a Seleção Brasileira sub-20. Mas a troca de identidade o perturbava.
O salário e a chance de jogar no clube mais popular do país não resistiram aos conflitos internos. Ao aceitar Jesus Cristo como seu único e suficiente Salvador, Maxwell escolheu a verdade. “Foi exatamente isso que eu fiz (ir ao Flamengo e contar a história real). Meu sonho era me batizar, e não poderia fazer isso estando nesse erro. Vou me batizar neste ano. Hoje estou 100% ligado a Deus. Isso me faz muito bem. Quando vejo atletas indo pelo mesmo caminho, eu alerto. Às vezes, a pessoa só aprende passando por isso. No meu caso foi assim. Tem duas maneiras de você seguir a Deus: pelo amor ou pela dor. Tive que experimentar esses dois lados”, afirmou Maxwell.
Atual jogador do Corinthians de Alagoas desde janeiro, Maxwell exalta sua atitude. “Aqui é como se fosse um recomeço da minha carreira, tanto na área profissional como espiritual. Por isso, hoje estou em paz, com meu coração tranquilo, pois estou fazendo a coisa certa. Poucos tomariam essa atitude, só tomei porque senti que era de Deus. Isso me faz muito bem”.
Com o nome de Jorbison, como jogador do Flamengo e até então sem o engajamento evangélico, Maxwell caiu nas tentações do mundo da bola.
“Venho de um lar evangélico, fui criado na igreja ouvindo a Palavra de Deus, isso é uma bênção. Mas, às vezes, você cai em tentação em algumas circunstâncias. No meu caso foi isso. Saí da Bahia com 16 anos para ir para o Rio de Janeiro jogar. Chegando lá me desviei, conheci coisas que nunca tinha visto. Fiquei de dois a três anos desviado. Tive um encontro verdadeiro com Deus no meio de 2011 e estou firme até hoje. A verdadeira felicidade a gente só encontra no caminho de Deus, ouvindo a Palavra. No meio do futebol é muito complicado, você conhece pessoas que te facilitam muita coisa em relação a noitada, mulher…”, disse o jogador.
Fonte: Globo Esporte

quinta-feira, 8 de março de 2012

Evangélica ganha prêmio internacional nos EUA

Ela é negra, corpo seco e musculoso, cabelos sempre presos num coque bem apertado e, de enfeites, apenas gloss e discretos brincos nas orelhas. Tem 1,65 metro e não deve pesar muito mais do que 60 quilos. Não fosse por uma certa dureza, logo notada, a major da Polícia Militar Pricilla, de 34 anos, poderia até ser descrita como uma mulher de aparência frágil. Engano. Depois de expulsar o tráfico do Morro Dona Marta, em Botafogo, como primeira comandante de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no Rio, ela é uma das dez vencedoras do Prêmio Internacional Mulheres de Coragem 2012.

Em 2008, ignorando resquícios machistas, a oficial da PM assumiu o mais importante programa de segurança do governo.

O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, um dos primeiros a receber a notícia da premiação, não esconde de ninguém a admiração que tem pela história de Pricilla de Oliveira Azevedo, de origem humilde, parecida com a dos moradores da comunidade que protegeu por três anos. No início, chegou a andar de fuzil pelas vielas. Depois da pacificação, adotou a pistola. Mas a arma da major sempre foi mesmo a conversa. Junto com a repreensão no olhar, era imbatível.

Mulher coragem. O título faz sentido. Em 2007, ela sofreu um sequestro-relâmpago. Foi levada com uma arma enfiada na boca até uma favela em Niterói. Quando a identificaram como policial, ela apanhou e ficou cheia de hematomas. Mas conseguiu fugir e colocar na cadeia cada um dos seus agressores.

Estudante de direito, a major — que deixou até afilhados na favela; e quantas Pricillas sem S não nasceram depois de sua passagem por lá? — só saiu do Dona Marta para assumir o desafio de cuidar de todos os projetos estratégicos da pasta. Claro que o foco principal são as UPPs.

O prêmio é um luxo para Pricilla, evangélica da Assembleia de Deus, criada no subúrbio. Será entregue na quinta-feira, Dia Internacional da Mulher, pela secretária de estado americana, Hillary Clinton, em Washington. E terá como convidada especial ninguém menos que a primeira-dama Michelle Obama.


Fonte: O Globo

Bíblia de Estudo Pessoal

Bíblia de Estudo Pessoal
Clique e conheça as ofertas